PET & BICHOS

Coleira para Cachorro: Como Escolher o Tamanho Ideal

REDE PORTAIS - O PORTAL DO VETOR DO NORTE coleira-para-cachorro-01 Coleira para Cachorro: Como Escolher o Tamanho Ideal PET & BICHOS

Nós temos vivido com nossos melhores amigos, os cachorros, por mais de um milênio. Existem ilustrações egípcias de cães usando diversos tipos de coleira para cachorro datando de 3500 a.C. Nessa época, já fazia alguns milhares de anos que humanos e cães conviviam juntos. Mas foi a partir de então que a coleira para cachorro se tornou um instrumento realmente conhecido. Faraós egípcios e proprietários de terras na Grécia utilizavam as coleiras principalmente como forma de identificação e proteção dos cães. Curiosamente, as mesmas funções se mantêm até hoje, e as coleiras para cachorro vêm em diversos tipos e formatos. Porém, se a coleira do seu cachorro não estiver apropriadamente ajustada a ele, seu cão pode estar correndo alguns riscos.

Tipos de coleira para cachorro

Os primeiros modelos de coleira para cachorro eram normalmente feitos de couro. Além disso, na Grécia e Roma antiga, dificilmente havia alguma sem spikes. Os espinhos ao redor do acessório serviam para proteger o cão de ataques de predadores. Mas ainda hoje os spikes são um diferencial estético, principalmente para cachorros grandes, como o pitbull. Aliás, o fator estético tem se tornado cada vez mais importante segundo os tutores de cães. Dessa forma, aliando funcionalidade à estética, é preciso escolher um tipo de coleira antes de chegar ao tamanho ideal. Por isso listamos os principais tipos de coleira para cachorro para você escolher o ideal para seu cão:

  • Coleira com Fivela Tradicional

Possui um fecho padrão parecido com o de cintas. É o modelo mais comum e fácil de encontrar em qualquer pet shop. Contudo, pode haver diferenças grandes no quesito qualidade. As melhores coleiras desse tipo são feitas em tecido com bom acabamento, courino de qualidade ou couro.

  • Coleira com Fivela de Segurança

Esse modelo de coleira para cachorro é ideal para cachorros de porte grande. Normalmente são feitas em nylon ou outros materiais resistentes e maleáveis. O fecho apresenta engate que resiste especialmente a puxões, mas se solta em situações de perigo, evitando que o cão fique preso pela coleira, por exemplo.

  • Coleira Peitoral ou Colete

São mistos de coleira para cachorro e roupinhas, prendendo-se a todo o tórax do cão. São modelos especialmente populares e funcionais para passeio, embora não tragam a possibilidade de engate da placa de identificação. Tutores e especialistas recomendam o modelo peitoral de coleira para cachorro sempre que o cão tem a tendência de puxar muito durante os passeios.

REDE PORTAIS - O PORTAL DO VETOR DO NORTE cachorro-golden-retriever-filhote-com-coleira Coleira para Cachorro: Como Escolher o Tamanho Ideal PET & BICHOS
Filhote de cachorro com coleira vermelha.

Todos esses tipos de coleira para cachorro existem no mercado por uma variedade enorme de materiais, cores, estampas e estilos. Recomendamos escolher sempre cores que criam destaque em contraste com a pelagem do seu cão. Porém, pensar no estilo nem sempre é o suficiente. É importante considerar o porte e a raça do seu cão também para escolher o tipo de coleira e o material apropriados.

Escolhendo uma coleira

Antes de tirar as medidas do seu cachorro, uma ótima ideia é comparar o porte do seu cão com o tamanho da coleira. Isso pode adiantar e facilitar o processo de escolha da coleira para cachorro ideal. Por isso, trouxemos a relação a seguir com algumas medidas padrão para comparação. Após analisar os padrões de tamanho da coleira para cachorro por porte específico, recomendamos ainda tirar as medidas do seu cão para comparar com o tamanho da coleira que escolher.

  • Cachorro Filhote ou Micro

Encontrar uma coleira para cachorro filhote, micro ou nano pode ser uma tarefa difícil. Porém, existe um padrão, e na maioria dos casos a medida da coleira deve ter entre 18 e 26 cm de comprimento. Essa medida costuma se aplicar a filhotes e também a algumas raças de cachorro específicas. Entre elas temos: Poodle Toy, Pinscher 0 (zero) ou Miniatura, Yorkshire e Spitz Alemão Anão (ou Lulu da Pomerânia).

  • Cachorro Pequeno

Um cachorro pequeno, por padrão, pode utilizar qualquer coleira para cachorro que possua entre 25 e 33 cm de comprimento. Esse padrão é válido, por exemplo, para as seguintes raças: Shih Tzu, Poodle Anão ou Miniatura, algumas variações do Pinscher, Yorkshire, Maltês e o Spitz Alemão Anão. Porém, como algumas raças de cachorro são listadas tanto na categoria Micro quanto no tipo Pequeno, é importante tirar as medidas exatas do cão.

  • Cachorro Médio

Via de regra, um cachorro porte médio pode utilizar confortavelmente uma coleira para cachorro que tenha de 30 a 38 cm no comprimento total. Algumas raças de cachorro que costumam se enquadrar nessa categoria são: Shih Tzu, Poodle Anão ou Miniatura, Pinscher, Lhasa Apso e Schnauzer Miniatura. Algumas raças que costumam ser classificadas como porte médio não se aplicam a essa categoria no caso da coleira para cachorro. Alguns exemplos são o Bulldog Francês, o Dachshund e o Pug, que entram para a categoria seguinte.

  • Cachorro Grande

A categoria de cachorro grande é marcada por um padrão de 42 a 52 cm no comprimento da coleira. Nessa categoria podem entrar algumas raças de cachorro de porte médio, como o Pug, o Bulldog Francês e o Dachshund. Além desses, entram aqui também Beagle, Cocker Spaniel e Poodle Standard ou Médio. Em alguns casos, Bulldog Inglês, Border Collie, Pitbull e Schnauzer Standard também se enquadram nesse tipo.

  • Cachorro Extra Grande

A última categoria padrão é a de cachorro extra grande, para a qual se indica coleiras com 50 a 59 cm no comprimento total. As raças de cachorro que costumam se enquadrar aqui são: Bulldog Inglês, Border Collie, Pitbull, Schnauzer Standard e Poodle Gigante. Podem ainda entrar nessa categoria: Labrador, Golden Retriever, Chow Chow, Schnauzer Gigante, Rottweiler e Husky. Contudo, é muito importante que, para essas últimas citadas, sejam comparadas as medidas do cão com as apresentadas na descrição da coleira para cachorro.

REDE PORTAIS - O PORTAL DO VETOR DO NORTE cachorro-bulldog-franc%C3%AAs-com-coleira-peitoral-americano Coleira para Cachorro: Como Escolher o Tamanho Ideal PET & BICHOS
Bulldog Francês com coleira peitoral estilo americano.

Garantindo que irá servir

Cachorros não possuem tamanhos fixos, portanto variam em peso, porte e medidas durante toda a vida. Escolher o tamanho correto de coleira para cachorro é imprescindível. Isso se deve ao fato de que uma coleira apertada pode fazer o cão se engasgar ou enforcá-lo. Por outro lado, uma coleira solta demais pode escapar por sua cabeça ou deslizar para o tórax, podendo causar danos. Além disso, a coleira larga também pode se enroscar em objetos e superfícies, o que é muito perigoso.

Meça o pescoço do seu cão regularmente (e o tórax, para o uso de colete ou peitoral para cachorro). É interessante manter anotações de suas medidas, peso e outras características em um local seguro, como um caderno ou documento digital, por exemplo. Aliás, você pode manter esses dados no mesmo local em que guarda informações sobre a vacinação do seu pet. A partir das medidas obtidas, adicione entre 2 e 5 cm para que o acessório fique com a folga ideal para o conforto do seu cãozinho.

Como tirar as medidas do seu cão

O ideal é que a medição seja feita com auxílio de uma fita métrica. Todavia, se não possuir uma em mãos, é possível fazer isso com o uso de um barbante. Você pode dar a volta no pescoço do seu cão com um pedaço de barbante, marcando com os dedos os pontos do barbante que se encontram. Depois disso, estenda a tira de barbante sobre uma superfície plana e meça o trecho marcado com uma régua.

No caso de um filhote de cachorro, é crucial checar semanalmente se sua coleira está apertada. Dessa forma, uma dica interessante é verificar se você consegue facilmente colocar dois ou três dedos entre a coleira e o pescoço do cachorro. Se isso funcionar, então a coleira para cachorro está no tamanho ideal para seu cão. Porém, essa estratégia não deve ser exclusiva aos filhotes, pois todo cão ganha ou perde peso ao longo da vida, e seu cachorro deve sempre ter uma coleira confortável e segura.

Fonte: Petelegante.com.br

PUBLICAÇÃO

PUBLICAÇÃO

A Milts atua diretamente no desenvolvimento de seus próprios empreendimentos digitais e ainda na Criação de sites profissionais para os mais diversos segmentos, Atuamos também com marketing promocional

Especializada em soluções para a Internet que abrange lojas virtuais (e-commerce), Desenvolvimento de Sites
Atuamos também no ramo de Marketing Promocional com produção de presentes personalizados e brindes para promoção de negócios e eventos

Comentar

Clique no post para comentar

*

code