Taiobeiras

Taiobeiras é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população, estimada em 2014 pelo IBGE era de 33.040 habitantes. Está localizado na mesorregião do Norte de Minas e microrregião de Salinas. Compõe com outros municípios da região o Alto Rio Pardo.

A origem de Taiobeiras situa-se no antigo Sítio Bom Jardim, município de Rio Pardo de Minas, localidade onde passavam as estradas que ligavam Teófilo Otoni aos municípios do sertão da Bahia, Brejo das Almas (Francisco Sá) e Montes Claros. O sítio tornou-se, rapidamente, um entroncamento de tropeiros e viajantes, que iam e vinham destas localidades.

O povoado, propriamente dito, começou com a construção de uma capela e de um cemitério, mandados construir por Vitoriano Pereira da Costa. Com a bênção do cemitério pelo padre Esperidião Gonçalves dos Santos, da paróquia de Rio Pardo de Minas, um cruzeiro foi levantado no local em 1875. Antevendo a possibilidade do surgimento do povoado, Vitoriano e sua esposa, Ana Severina de Jesus, conhecida como Naninha, doaram uma parte do Sítio Bom Jardim para o início das primeiras construções. Com a morte de Vitoriano em 1900, sua esposa vendeu parte das terras do sítio para Martinho Antônio Rego – mascate vindo da Bahia que pretendia instalar-se na região – em negociações efetuadas nos anos de 1901 e 1910. Em 1911 o povoado tornou-se distrito de Rio pardo de Minas, recebendo o nome de Bom Jardim das Taiobeiras, nome ligado a uma planta nativa da região.

Com as visitas periódicas do padre Espiridião, moradores das redondezas começaram a ser atraídos para a localidade. Alguns fazendeiros se cotizaram e abriram uma vala que conduzia água do córrego Bom Jardim ao povoado nascente. As primeiras casas foram construídas onde hoje é a Avenida da Liberdade, no quarteirão entre a travessa Martinho Rego e a rua Bom Jardim. Os primeiros comércios eram simples “vendas”, estabelecimentos precários que serviam cachaça e alguma comida.

Em 1923, o distrito passou a se denominar Taiobeiras e foi incorporado Com o desenvolvimento crescente, a emancipação definitiva deu-se em 1953, com a instalação do novo município ocorrendo no ano seguinte.

Deixe um comentário !

Click here to post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *